Ficha - Catelin Sofia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ficha - Catelin Sofia

Mensagem por Catelin Sofia em Qui Maio 24, 2012 5:51 pm

Dados do Player:
Nome Completo: Manuela Catalina Beltrán Leite (completinho .-. )
Idade: 13 anos.
Já jogou RPG? Sim.
Já leu PJ? Sim, sim.

Dados do Personagem:
Nome Completo: Catelin Sofia Villanueva
Idade: 15
Cidade Natal: Nuevo Colegio
Personalidade: Falo de mais, sou insuportável, e gosto de ficar sozinha mexendo com as coisas. Sou meio anti-social e um pouco tímida, mas se você virar meu amigo, eu deixo de ser tudo isso e viro uma louca total.
Defeitos: Eu fico irritada rápido, confio muito nas pessoas. Sou chata, irritante... Quer algo mais?
Forma Fisíca: Olhos castanhos, pele branca, na puxei de minha mãe, até porquê seria muito estranho eu ser morena, cabelos negros, também por parte de mim, curtos e lisos. Magra, e um pouco baixinha. 1.65, o máximo que eu consegui chegar. Voz alta, dentes brancos ,lábios carnudos.

Pai ou Mãe Olimpiana: Hefesto.
História:



"O senhor é meu pastor e nada me faltará, em verdes prados me faz repousar."
Já estava cansada de recitar isso. De novo e de novo. Não pare, Catelin, se não você não sai daqui. Se ajoelhe, Catelin, espere todo esse padrão acabar, para finalmente voltar pra casa e ir dormir. Ou pelo menos tentar.
Por que eu tinha que morar numa cidadezinha tão ligada à religião? Onde tudo era por Deus, onde tudo eu tinha que me ajoelhar e agradecer a Ele. Onde a palavra do Senhor era tão importante quanto nossas próprias vidas.
E eu mal conseguia decorar aquele versinho. Eu mal conseguia escapar daquela igreja. Eu tinha que lembrar tudo, eu precisava. Para voltar para casa, para sentar do lado da lareira e brincar com as chamas que de jeito nenhum me queimavam. Para então dormir e no outro dia acordar suada pelos pesadelos e ir trabalhar, junto com meu padrasto. Consertar coisas, arrumar aquilo lá. Era isso que eu sabia fazer, era para isso que eu tinha nascido. Ajudar mamãe a sustentar a gente. Ela costura, eu e o meu padastro consertamos. Era boa a vida. Era difícil, mas era boa. Até o padre eu mandar sair da capela logo.
- Você não tem jeito, niña. Nunca vou conseguir você recitar isso direito. Que Deus a abençoe, eu desisto.
Abaixei a cabeça e tentei esconder o sorriso. Mas eu não conseguia esconder nada dos olhos de Deus mesmo, não é? - Desculpe, padre... Boa noite! - Puxei minha bolsa e corri pelas ruas de Nuevo Colegio. A noite estava estrelada e era tão bom ficar sozinha, mesmo que numa noite fria como sempre é, que eu supirava de prazer.
Dois minutos se passaram e eu já estava na rua de casa. Era bom morar em uma cidade pequena. Todos se conheciam e era mais fácil de negociar. Além de poucos saberem consertarem as coisas como eu e meu padrastro fazíamos. Abri a porta de casa e sorri para minha mãe.
- Buenas! - Beijei-a na bochecha e soltei os cabelos, que eu devia deixar comportadamente presos para não parecer uma rebelde quando estava na igreja. - Desculpe o atraso, eu...
- Não decorou ainda o salmo, sí?
- É... Desculpe, eu sei que a senhora quer que eu termine logo isso e tudo o mais... Mas até o padre desistiu de mim, mamá... Acho que não vou mais lá... Ajudar Juan e pronto... - Abaixei os olhos para as mãos dela. Mãos tão grossas mas ao mesmo tempo tão delicadas, um pouco acabadas por anos de costura. Não queria decepcionar a dona daquelas mãos, que se queimavam facilmente com o fogo, e que imploravam ajuda de mim com tudo.
- Ah, querida... Você já desistiu da escola por causa da dislexia, eu queria tanto que conseguisse...
-Eu sei. Mas eu não consigo! Vamos admitir, mamá, eu sou burra. Não tenho capacidade de muito mais do que eu consegui até agora, então...
- Você não é burra, Catelin. Não diga mais isso!
- Você é quem não quer me deixar triste. Mas eu vivo muito bem consertando as coisas junto com Juan... Não vamos ter tantos problemas... Com... Com minha vida. - Revirei os olhos e fui para meu quarto. Hora de dormir, Catelin, uma voz ecoou na minha cabeça. Sempre a mesma coisa.
Tomei um banho e coloquei meu casaco. Eu não ia dormir hoje. Tranquei minha porta e pulei a janela do meu quarto. Junto comigo eu levava minha bolsa, com um par de roupas que eu sempre levava comigo e meu canivete. Ah, meu canivete. Eu era apegada a ele, e orgulhosa também. Eu mesma tinha o feito. Facas, lanternas, tesouras e ferramentas de todos os tipos. Era o meu mascote e o meu ajudante. Era meu amigo.
As ruas eram seguras, mas mesmo assim, por quê se arriscar? Corri até a praça. Tinha alguém me esperando lá, sempre tinha. Andrés.
- Ei! - Dei um grito, sem me importar com o que as pessoas que moravam ao redor. Estavam acostumadas.
- Catelin...
- Que foi? - Ri. - Não precisa se assustar com minha feiura, grandão. Para onde vamos hoje?
- Bem longe. Disse boa noite pra sua mãe, hoje?
Pergunta estranha. - Não... Qual o problema?
Ele virou-se para mim com um sorriso estranho. Como se seus dentes não dessem mais direito na mordida da boca. - Acho que você não entende, não é, semideusa? - Semideusa? O que era isso? deusa? Não... - Ah, está confusa? Deixe-me ajudar a entender um pouco as coisas.
Ele pulou em cima de mim, eu enfiei a mão na mala e tirei meu canivete. Primeira opção: faca.
Tudo aconteceu rápido de mais. Eu mal consegui notar quando ele quase tentou enfiar as garras em mim, só consegui arranhar um pouco o ombro dele e ficar assustada com as asas. Um demônio? Só podia ser um demônio, mas como toda a vítima estúpida eu gritei perguntando quem era ele. Sem lágrimas. Só a raiva por o meu único e "melhor amigo" ter me atacado. Por ser...isso.
- HAHA! Hilário! Então a filha de Hefesto não sabe mesmo quem é? Vamos, Catelin, lembre-se! Por quê não se queimar? Por quê ser tão boa com consertos e criações? Por quê deixar de lado o cristianismo e pensar em tantos deuses ao mesmo tempo? EU SEI QUE ISSO SE PASSA EM SUA CABEÇA, CATELIN! VAMOS, EU SEI QUE VOCÊ PERGUNTA-SE QUEM É!
- PÁRE COM ISSO! Eu não sou isso que... EI! - Antes que eu pudesse impedir, senti ele socando minha cara e levantando voo. Para onde? Não sabia. Só podia sentir um borrão nos meus olhos. Aquilo eram lágrimas? Doeu mesmo.
Um longo tempo se passou comigo e ele planando. Até chegarmos no destino que ele queria. Planamos pelo o que parecia um campo de morangos. - Onde...?
- Aqui estamos, Catelin... Seu último destino. - Ele me soltou.
Eu caí e gritei desesperadamente. Mas que grande porcaria ele tinha feito? Porquê me soltar? No meio dos meus gritos eu pude ouvir um risinho dele: - Você é pesada como chumbo, Catelin. Coisa de família, não é?
Senti as lágrimas escorrendo mais pelo rosto. Era uma queda livre, direto para o mar... Caindo, caindo... Eu ia morrer, a não ser que eu conseguisse me preparar para mergulhar. Juntei todas as minhas forças, me posicionei, fazendo a famosa posição de bola de canhão. Podia não doer muito. Ou quebrar todo os meus ossos. Eu estava com a cabeça protegida, eu ia cair... É agora. Eu vou morrer, eu vou morrer.
SPLAAAAAAAAAAAAAAAAAASH
Uma dor incessante tomou conta de todo meu corpo. Meus ossos, meus membros... Tudo parecia mole, tudo formigava. Minha cabeça ainda estava intacta, mas eu não conseguia preparar meu corpo para flutuar. A bolsa fazia peso, então meus braços deixaram que ela fosse embora. Vamos, Catelin, suba... Suba... Olhei para cima. O mundo estava ficando negro, meus olhos cobertos por água salgada. Das lágrimas e do mar... Um impulso, Catelin... Pelo amor de todos os deuses... Um impulso...
Eu impulsionei. Cheguei na superfície a tempo, respirei fundo e continuei chorando. Olhei para cima, ainda tentando flutuar e respirar. Tive forças o suficiente parta tirar os sapatos e ir nadando até a praia... Onde eu estava? No campo de morangos...
Ao alto eu podia ver um pontinho voando. Andrés. Idiota. Idiota, idiota, filho da... Levantei o dedo do meio tempo o suficiente, até ele ir embora. Agora eu ouvia vozes. Quem é ela? Nossa, que queda horrível. Sobreviveu como? Deve tá toda quebrada... Saim da frente, deixem-a respirar. E aí eu desmaiei.
Nunca pensei que seria assim, mas descobrir que eu era uma semideusa foi a pior coisa de toda a minha vida.
avatar
Catelin Sofia
Filhos de Hefesto
Filhos de Hefesto

Mensagens : 1
Pontos Sociais : 3
Reputação : 1
Data de inscrição : 24/05/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha - Catelin Sofia

Mensagem por Afrodite em Qui Maio 24, 2012 5:59 pm

APROVADA!!!
Catelin Sofia Villanueva | 15 Anos |Filha de Hefesto
Seja Bem-Vinda querida, MP qualquer coisa ou duvida
Seja bem vinda fioteee linda do meu ♥️ *---* aween manda o numero do seu papai sabe Rolling Eyes só pra relembrar os velhos tempos


Afrodite | Deusa Sexy | Forever Alone


Sou o pior tipo de tentação que você pode imaginar, cuidado minhas brincadeiras acabam em maternidade-Afrodite

avatar
Afrodite
Deuses Olímpianos
Deuses Olímpianos

Mensagens : 262
Pontos Sociais : 389
Reputação : 0
Data de inscrição : 21/03/2012

Ficha do Campista
Level: 10000
Mochila:
Arsenal:

Ver perfil do usuário http://olympianfuture.forumgratuito.com.pt

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha - Catelin Sofia

Mensagem por Raphael von Ingersleben em Qui Maio 24, 2012 7:31 pm

Bem vinda ^^
avatar
Raphael von Ingersleben
Filhos de Hades
Filhos de Hades

Mensagens : 33
Pontos Sociais : 33
Reputação : 1
Data de inscrição : 18/05/2012
Idade : 23

Ficha do Campista
Level: 1
Mochila:
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha - Catelin Sofia

Mensagem por Drake Caller em Qui Maio 24, 2012 7:36 pm

Bem vinda.
Aproveite o forum, namore bastante e corre pra festa ;D
avatar
Drake Caller
Filhos de Apolo
Filhos de Apolo

Mensagens : 110
Pontos Sociais : 123
Reputação : 1
Data de inscrição : 01/04/2012
Localização : Acampamento Meio-Sangue

Ficha do Campista
Level: 2
Mochila:
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha - Catelin Sofia

Mensagem por Manoella M. Barvoullie em Qui Maio 24, 2012 7:43 pm

Bem vinda, novinha ^^
avatar
Manoella M. Barvoullie
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon

Mensagens : 38
Pontos Sociais : 48
Reputação : 1
Data de inscrição : 28/04/2012
Idade : 20

Ficha do Campista
Level: 3
Mochila:
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ficha - Catelin Sofia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum